. .
O CRIME NÃO COMPENSAhttp://2.bp.blogspot.com/-tpcMR8HbIYE/Wc6S8nqr4xI/AAAAAAAASng/RPzAPoOJPNUZdnzD3BViYxXPUhf-7UQ1QCK4BGAYYCw/s400/

4 de agosto de 2018

Policial militar é baleado e suspeito é morto durante tentativa de assalto em Maceió/AL

Um cabo da Polícia Militar de Alagoas – identificado como Edvaldo Félix Barros da Silva – foi baleado durante uma tentativa de assalto na manhã deste sábado (4), no bairro do Tabuleiro dos Martins, na parte alta de Maceió. O autor do assalto, um suspeito não identificado, morreu após reação do policial.
De acordo com o 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o crime aconteceu nas imediações do conjunto Jardim Petrópolis. Cabo Edvaldo foi abordado com um suspeito em uma motocicleta, que anunciou o assalto. O cabo pertence ao efetivo do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd).
Durante o crime, o PM foi baleado duas vezes na região da cabeça. Ele conseguiu reagir e atingiu o suspeito na região da barriga, que chegou a fugir por alguns metros, foi capturado por populares.
O militar foi socorrido por uma guarnição da PM e foi encaminhado ao Hospital Geral do Estado (HGE) e está internado em estado grave. Já o suspeito foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que ao chegar ao local, constatou o óbito.
A motocicleta usada para o assalto foi uma Honda CB 300, de cor preta e placa NME 6027, porém a placa do veículo estava adulterada com fita isolante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.