. .

19 de abril de 2018

MAIS UM EX-PRESIDIÁRIO É MORTO A TIROS NA CIDADE DE MOSSORÓ NO RN.


O ex- presidiário Moisés Evangelista de Melo, que residia no Conjunto Habitacional Liberdade, na cidade de Mossoró no estado do Rio Grande do Norte, foi morto a tiros, fato ocorrido durante a noite de terça feira, 17 de abril de 2.018, por indivíduos ainda não identificados pela polícia.

Moisés foi encontrado morto ao lado de uma parde do muro de uma residência no Loteamento Santa helena, mais precisamente na Missionário José Luiz, região do populoso bairro Santo Antonio, por volta das 21H.30M.  

A polícia foi informada que o ex-presidiário se encontrava em casa, quando teria recebido uma ligação telefônica feita por conhecidos o convidando para sair.

Ele se arrumou, e teria saída com os (os amigos) em um veículo tipo HB-20. A polícia acredita que ele possa ter sido morto pelas pessoas que o convidaram para sair.

Moisés já havia cumprido pena respondendo pelo artigo 157 do Código penal Brasileiro, roubo, e também porte ilegal de arma de fogo.

A Polícia Militar fez o isolamento do local do crime, até a chegada de uma equipe do Itep, que fez a perícia e a remoção do corpo para a sede do órgão, para ser examinado pelo médico legista de plantão, e em seguida entregue aos familiares para o sepultamento.

A equipe de Polícia Civil de plantão através do Dr. Roberto Moura esteve no local do crime colhendo as primeiras informações.

É o crime de homicídio de número 83 neste ano de 2.018 na cidade de Mossoró.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.