. .
O CRIME NÃO COMPENSAhttp://2.bp.blogspot.com/-tpcMR8HbIYE/Wc6S8nqr4xI/AAAAAAAASng/RPzAPoOJPNUZdnzD3BViYxXPUhf-7UQ1QCK4BGAYYCw/s400/

14 de abril de 2018

COMERCIANTE DE PAULO AFONSO É PRESO SUSPEITO DE EXPLODIR CARRO-FORTE EM INHAPI - ALAGOAS

Dentre os suspeitos de participação na explosão de um carro-forte na BR-423, se encontrava o comerciante de Paulo Afonso (BA), Sidney Pereira Lima, conhecido como "Pitbull".


Oito pessoas foram presas nesta sexta-feira (13) suspeitas de participação na explosão de um carro-forte na BR-423, em Inhapi, no Sertão de Alagoas. Seis prisões aconteceram em Alagoas e duas em Pernambuco. O crime aconteceu em março deste ano.
Dentre os suspeitos, se encontrava o comerciante de Paulo Afonso (BA), Sidney Pereira Lima, conhecido como "Pitbull". Sua prisão aconteceu em Inhapi (AL). 
Sidney já havia sido preso por outro crime em 2013.   
Foram presos em Mata Grande (AL) João Batista dos Santos Silva, conhecido como “João de Ciríaco”; Flávio Oliveira da Silva, o “Tota”; Jaedson da Silva Leite, conhecido como “Cafuçu”; Adeilson de Menezes Bezerra, o “Delson”. Em Canapi (AL) aconteceu a prisão de Gilmar Ferreira da Silva, o “Dukek”. Os nomes dos presos em Tacaratu (PE) não foram divulgados.
Uma outra operação realizada no último sábado (7), no município de Buíque, em Pernambuco, prendeu mais quatro pessoas suspeitas de integrar a mesma quadrilha.
Nesta quinta-feira (12), outros quatro integrantes da quadrilha morreram em troca de tiros com a polícia em Ibimirim, Pernambuco. Com eles foram apreendidas quatro armas de fogo, quatro celulares, relógios, maconha, material explosivo e R$ 2.879
De acordo com a polícia, o grupo também pode estar ligado a explosões das agências bancárias em Piranhas e em Poço das Trincheiras.
As prisões aconteceram durante uma operação integrada entre a Divisão Especial de Investigações e Captura (Deic), a Seção Especial de Roubo a Bancos e as polícias Civil e Militar dos dois estados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.