. .

17 de novembro de 2016

Sargento reformado da PM é morto ao proteger filho e esposa de assalto

Um sargento reformado da Polícia Militar de Pernambuco foi morto na noite de ontem ao tentar evitar um assalto. Por volta das 20h30, Sérgio Amaro da Anunciação, de 54 anos foi para a frente da casa onde morava, na comunidade de Roda de Fogo, nos Torrões, Zona Oeste do Recife, para acompanhar a entrada do filho e da esposa, que chegavam de moto.

Dois homens, que seguiam em um carro de passeio, abordaram mãe e filho quando a moto foi estacionada. Para evitar o assalto, o PM reagiu, dando início à troca de tiros. O sargento e um dos suspeitos foram baleados e morreram. O militar, ferido no tórax, chegou a ser socorrido por vizinhos para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) dos Torrões e transferido para o Hospital Getúlio Vargas (HGV), mas não resistiu. O assaltante, ferido na cabeça, morreu no local. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, ainda sem identificação. O segundo suspeito conseguiu fugir.

O sargento era da reserva do 6º Batalhão da Polícia Militar (BPM), mas já foi lotado no 12º BPM, responsável pela área onde o crime aconteceu. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento. O caso está sendo investigado pelo delegado Diogo Melo Vitor, que prefere não falar sobre o assunto no momento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.