. .

29 de novembro de 2016

Preso no Alemão um dos maiores fornecedores de armas e drogas do Rio

Policiais da 45​ª DP (Complexo do Alemão) e do setor de inteligência do 16º BPM (Olaria) prenderam, na manhã desta segunda-feira, José Carlos da Silva Passos, conhecido como Zé Maria, de 31 anos, apontado como o um dos maiores fornecedores de drogas, armas e munições do Rio.
De acordo com a Polícia Civil, Zé Maria atuava em diversas comunidades, como o Complexo do Alemão, a Cidade de Deus, o Morro da Coréia, o Morro da Serrinha e o Morro do Dezoito. Segundo o delegado titular, Fábio Asty, ele não era ligado a nenhuma facção criminosa.
- Ele fornecia drogas e armas para qualquer comunidade em que tivesse entrada. Isso é bem inusitado. Normalmente, esses "matutos" são fiéis a uma facção - explica o delegado.
Outro diferencial de Zé Marina, segundo Asty, é que ele era o único que fornecia munição de fuzil AK-47 para traficantes do Rio. O delegado não informou quanto o fornecedor arrecadava por mês. De acordo com o titular, a próxima fase da operação buscará identificar a origem das drogas e das armas fornecidas.
A Rua Joaquim de Queiroz, onde o suspeito foi preso
A Rua Joaquim de Queiroz, onde o suspeito foi preso Foto: Google Street View / Reprodução
O fornecedor do tráfico estava a caminho da padaria, no local conhecido como Grota, na Rua Joaquim de Queiroz, no Complexo do Alemão, quando foi surpreendido pelos policiais. Zé Maria morava na comunidade com a esposa e com dois filhos pequenos. De acordo com o delegado, ele comprava e vendia veículos para "ofuscar" as atividades criminosas.
Contra José Carlos da Silva Passos havia um mandado de prisão por associação ao tráfico de drogas obtido em investigação da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e de Inquéritos Especiais (Draco). Zé Maria será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio.​

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.