. .

15 de novembro de 2016

MULHER CAI NO GOLPE DO PRÊMIO DO FAUSTÃO E PERDE R$ 400,00 EM JACOBINA


Uma mulher foi vítima de um golpe que lhe custou cerca de R$ 400,00 em Jacobina/BA. Golpistas utilizaram o método de mensagens de texto (SMS) e informaram de um suposto prêmio que a vítima teria ganhado no programa Domingão do Faustão. Geralmente, após o recebimento da mensagem, as pessoas ignoram e desconfiam que se trata de um golpe. Porém, algumas pessoas que não sabem acabam levando a sério e fazendo tudo que o estelionatário diz do outro lado da linha.

Esse foi o golpe que uma mulher da zona rural do município de Jacobina caiu. Ela recebeu a mensagem do criminoso, onde relatava que ela havia sido sorteada e ganhado um prêmio. No entanto, para receber o suposto prêmio, ela teria que fazer recargas em um telefone com o DDD 88. Acompanhada de um familiar e ciente de que estaria fazendo a coisa certa para receber o benefício do sorteio, a mulher se dirigiu à uma farmácia na cidade de Jacobina e pediu que o funcionário realizasse uma recarga no valor de R$ 100,00. De acordo com o funcionário que atendeu a mulher, no momento em que ela solicitou a segunda recarga para outro número com DDD 88, ele a questionou se ‘aquele número era de alguém que ela conhecia e se tinha certeza que estava fazendo a coisa certa’. Ainda de acordo com o funcionário, a mulher não aceitou a orientação e, ao lado do parente, revolveu continuar com as recargas para outros números que eram repassados pelo parente.

“Quando chegou em R$ 400,00 a gente disse: óh, o limite já excedeu. Então, ela falou com o rapaz [parente dela] e ficou esperando, alegando que aguardava ser processado a recarga. A gente explicou que não tinha isso de esperar processar, que a recarga a gente coloca na hora, paga na hora e cai [no sistema]. Falamos que na verdade ela havia caído em um golpe e só então ela se deu conta”, contou o funcionário da farmácia ao Jacobina Notícias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.