. .

29 de novembro de 2016

#MA; SUSPEITOS DE CRIME BÁRBARO SÃO PRESOS PELA POLÍCIA CIVIL EM SANTA INÊS


Dando continuidade na eficiência de suas investigações, a Polícia Civil por meio da Delegacia Regional de Santa Inês, prendeu na tarde do último domingo (20); Almir Carvalho (28); João Batista Madeira Diniz, (31); Domingos Silva Rodrigues, (23) e Jonathan Ferreira dos Santos, (19), suspeitos de participarem de um crime bárbaro que chocou a cidade de Santa Inês.

O delito ocorreu no bairro Canaã e teria sido motivado por desavenças entre os suspeitos e o irmão da vítima, conhecido como Jaiminho. De acordo com delegado Ederson Martins, os suspeitos após fazerem uso de bebidas alcoólicas, deslocaram-se até a residência da vítima, identificada como Antônio da Silva (46), para acertar contas com seu irmão.

Ao fazerem buscas no interior da residência, não obtiveram êxito na busca do seu alvo (Jaiminho), então, deram início as agressões a vítima com vários golpes de arma branca. O delegado descreveu o fato como algo bárbaro e cruel, sem possibilidade de defesa por parte do vitimado, ao ponto de dilacerar sua cabeça. No momento do crime, estavam de posse de facas e facões.
As equipes da Polícia Civil com apoio da Polícia Militar conseguiram prender de imediato João Batista e Domingos Silva, ambos envolvidos diretamente com o caso, em seguida foi concretizada a prisão de Almir Carvalho, o qual deu auxílio aos demais.
http://veposcedoca.blogspot.com.br/
Com as inquirições da Polícia Civil, foi preso na última terça-feira (22), Jonathan dos Santos que estava escondido na residência de familiares. 
averiguações estão ainda em andamento no intuito de localizar o quinto envolvido, identificado apenas como Gustavo, que se encontra foragido. Os suspeitos foram autuados em flagrante delito pelo crime de homicídio qualificado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.