. .

6 de novembro de 2016

CARUARU: ROCAM PRENDE ASSALTANTE ARMADO PELA MANHÃ NO BAIRRO RENDEIRAS E A NOITE O SEU COMPARSA É ASSASSINADO NO BAIRRO PETRÓPOLIS.


Zinaldo é o de vermelho.

Ao realizarem rondas no bairro Rendeiras na manhã desta quinta-feira (03), os soldados Pedrosa e Barbosa da ROCAM, visualizaram dois indivíduos suspeitos em uma motocicleta Honda Bros vermelha, ao realizarmos a busca pessoal, foi encontrado com o garupa da moto,Zinaldo da Silva Veríssimo, de 22 anos, um revólver calibre 38 com 6 munições intactas e uma porção de maconha.

Os dois elementos foram conduzidos para o plantão da 1ª DP, onde um deles foi ouvido e liberado, mas o Zinaldo, que foi preso há um mês naquela ocasião conseguiu fugir da delegacia.

Hoje ele foi autuado em flagrante por porte ilegal pelo delegado Dr. Bruno Bezerra, que ainda solicitou a justiça um Mandado de Prisão por roubo, pelo fato do criminoso ter sido preso da vez anterior por esse delito. Ele será apresentado amanhã a tarde na audiência de custódia e depois será encaminhado para o presídio de Santa Cruz do Capibaribe.






O outro suspeito, Ítalo Ricardo do Nascimento, de 21 anos, estava em casa agora a noite e por volta das 20:30h recebeu um telefonema e foi ao bairro Petrópolis e lá na Rua São Lucas, ao lado da caixa dágua, foi executado com vários tiros. Ele era ex-presidiário e foi ao local com outra pessoa em uma moto, pois estava de capacete.
http://veposcedoca.blogspot.com.br/

O delegado da DEAH (Divisão Especial de Apuração de Homicídios)Dr. Sérgio Moura, foi ao local com a sua equipe, onde acompanhou todo o levantamento cadavérico e informou que nenhuma hipótese deverá ser descartada, pelo menos nessas primeiras horas e que vai tentar descobrir o quanto antes quem matou o rapaz. O celular dele foi apreendido para ser periciado.

Este foi o 1º homicídio do mês de novembro e o 193º do ano de 2016 e o corpo foi encaminhado para o IML local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.