. .

29 de novembro de 2016

#AL: Cantor da Forrozão dos Manos, Emanuel Lima não resiste e morre em Arapiraca

Jovem não resistiu aos ferimentos, após sofrer um grave acidente motociclístico.
14238177_1184619011577076_8663913170077403605_n

O cantor Emanuel Lima da Banda Forrozão dos Manos não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta segunda-feira (28), na Unidade do Estado (UE), Daniel Houly em Arapiraca. Emanuel sofreu um acidente gravíssimo de moto na noite do ultimo domingo (27), em um trecho da Rodovia Luiz Falcão em Pariconha, Sertão de Alagoas. jovem estava no auge da carreira e além de músico era empresário e jogador de futebol amador.
 Toda solidariedade do nosso  Portal  aos familiares e amigos.
 O acidente:

O jovem Emanuel Lima, que é cantor da Banda Forrozão dos Manos, sofreu um grave acidente motociclístico, na noite do ultimo domingo (27), por volta das 22h40min, em um trecho da Rodovia Luiz Falcão que dá acesso ao município de Pariconha no Sertão de Alagoas. Emanuel conduzia uma moto, quando colidiu em um cavalo.

As informações apuradas pela reportagem do portal Radar 89, dão conta que Emanuel voltava de Delmiro Gouveia para Pariconha, quando acabou colidindo a motocicleta em um animal. Outras duas pessoas que estavam em outra moto também se envolveram no acidente e ficaram feridas.

Emanuel e as outras duas pessoas que não foram identificadas, foram socorridas e levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24H) de Delmiro Gouveia.

A reportagem apurou na UPA, que Emanuel sofreu Traumatismo Craniano Encefálico (TCE) e se encontra entubado, o mesmo será transferido por uma Unidade de Suporte Avançado (USA) para a Unidade do Estado (UE) Daniel Houly em Arapiraca. Já o estado de saúde das outras duas pessoas não foram divulgados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.