. .

1 de novembro de 2016

Barreiras/BA: presos matam colega e deixam recado para juiz no corpo da vítima

Cerca de 70 presos do Complexo Policial de Barreiras, no oeste da Bahia, mataram um colega de cela a facadas e deixaram um recado no corpo dele para o juiz do município, na madrugada do domingo (30). 
  
A polícia informou que os presos usaram pasta de dente e o próprio sangue da vítima para escrever a frase "solta, Gabriel", que faz referência ao juiz Gabriel Morais, no corpo do homem. A vítima foi encontrada pendurada de cabeça para baixo com lençois em uma viga, na parede da cela. O recado seria um pedido para que o juiz determinasse a soltura de presos no local. 
 
Durante o crime, os agentes chegaram a acionar a Polícia Militar para auxiliar na situação, mas quando conseguiram entrar na ala das celas, o homem já estava morto.
 
O preso morto tinha sido preso por homicídio, no município de São Desidério. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade. O caso deve ser investigado pelo Departamento de Homicídio e Porteção à Pessoa (DHPP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.