. .

25 de outubro de 2016

Aluno vai de vestido para escola e é barrado

ALUNO É BARRADO EM ESCOLA DE MOSSORÓ E REABRE DISCUSSÃO SOBRE IDEOLOGIAS DE GÊNEROS
A Escola Estadual Aída Ramalho vivenciou na tarde de ontem um fato comum, mas de preconceito. Um dos estudantes foi barrado de assistir à aula por estar usando um vestido. A atitude da direção gerou polêmica na escola. De acordo com grupos de apoio LGBT, a escola possui fardamento, mas não é obrigatório. Inclusive as meninas costumam ir à aula de vestido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.