. .

1 de outubro de 2016

AL - Vídeo mostra deputado Ronaldo Medeiros ofendendo delmirenses com palavrões

Assessoria de Comunicação esclareceu o caso. Vídeo amador foi gravado durante a madrugada desta sexta-feira (30).
Um vídeo amador gravado na madrugada desta sexta-feira (30), mostra o Deputado Estadual e principal articulador da campanha de Padre Eraldo Cordeiro (PSD) em um momento de fúria. Medeiros esculacha moradores de Delmiro Gouveia, no Sertão Alagoano com vários palavrões.

Segundo informações, os fiscais do candidato Givaldo Carimbão (PHS) teriam visto o carro do deputado e decidiram segui-lo, porém foram surpreendidos com o legislador que desceu do carro e começou a ofender várias pessoas.

O vídeo mostra várias pessoas segurando o deputado que fala diversos palavrões: “Filho da P…, vi…, vocês são tudo rap… e vi… saf…, tão pensando que vocês são o quê? Cadê os homens daqui? Vocês são tudo vi… e fila da p…, cadê vocês, cadê vocês, quero achar algum homem aqui é Ronaldo Medeiros”

A versão da assessoria do deputado que também presta serviços ao candidato Padre Eraldo, conta que desde que acabou o comício no Bairro Novo, o motorista do candidato percebeu que estava sendo seguido por um veículo Celta com vidros escuros. Ao deixar o padre e fazer o contorno, percebeu que o mesmo automóvel estava estacionado próximo da residência de Eraldo. Foi então que ele decidiu avisar a coordenação sobre o ocorrido.

Neste momento, a equipe de coordenação da campanha chegou ao local e o motorista do Celta, tentou evadir, atingindo um dos carros da coordenação. O mesmo veículo já havia sido visto rondando a residência dos componentes da coordenação e de vereadores da coligação.

Ainda segundo a versão da assessoria, a tentativa de fuga do motorista do Celta demonstra que o intuito era intimidar o candidato Padre Eraldo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Art. 220º da Constituição Federal: A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

§ 2º - É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.